sexta-feira, 22 de junho de 2012

O Colégio das Quatro Torres - Enid Blyton


  Resumo:

   Diana é uma rapariga que estudara sempre em externatos até ir para o colégio das quatro torres. Estava muito feliz por entrar para um colégio interno só para raparigas. Não muito tempo depois do ínicio das aulas, Diana faz conheceu muita gente mas no entanto não conseguia que Alice se tornasse a sua melhor amiga, o que muito queria.
    Para piorar a situação, havia uma aluna da sua turma, a Benedita, que não gostava nada da colega e fazia tudo, apesar de discretamente, para a prejudicar. Pelo contrário, a Milú idolatrava a Diana pois tinha uma grande admiração por ela, uma vez que numa das ciladas da Benedita, a sua inimiga tinha salvado a rapariga indefesa.
   Também naquela altura, a novata em colégios internos aprende uma dura mas importante lição de autocontrolo que lhe virá a ser muito útil para se integrar depois de fazer algo de que muito se arrependeu. 
   Já a meio da sua estadia, mais ou menos, Diana é mais uma vez surpreendida: alguém tinha arranjado provas para a incriminar duma coisa de que ela estava inocente! Rejeitada por quase todas, a rapariga sente-se muito sozinha e sem amparo nem compreensão. Será que a verdade vai ser descoberta a tempo?

 

  Opinião:

 Outro colégio interno, outras aventuras, outras personagens, outras aprendizagens. Tal como noutras coleções de Enid Blyton, este livro é início do que parece ser mais uma série de obras cheias de emoções em catadupa. A personagem principal é rebelde mas simpática e enquadra-se no tipo de pessoa que terá muito sucesso neste colégio, mas no entanto tem inimigas que farão de tudo para não a deixar ser totalmente feliz e aceite. Após vários acontecimentos, entre eles um que a fará pensar antes de fazer o quer que seja ela vai aprender com erros a ser menos impulsiva e arrasta-nos a nós (leitores) a perceber o que se passa com ela à medida que a história vai decorrendo .
  Este livro é da editora "Oficina do Livro", é da autoria de Enid Blyton, foi editado pela primeira vez 1946 e foi reeditado, entre outras datas, em Abril de 2012, sendo o primeiro volume duma coleção.


4 comentários: